De palestras à mesa redonda, confira o último dia do evento

No último sábado, 06/06, a “Semana do Meio Ambiente IFRN 2020” chegou ao seu último dia. Marcado por uma intensa programação durante toda a semana, o evento teve a finalização de suas atividades com palestras e mesa redonda. O encerramento do evento contou com a habitual participação ativa do público, nas apresentações inaugurais do dia, com a presença dos palestrantes convidados Moisés Souto e Júlio Navoni.

Vídeo: Qualidade do ar em tempos de Covid-19 – Moisés Souto

De acordo com o professor Moisés Souto, que é docente do Campus Natal-Central do IFRN (DIATINF-CNAT-IFRN), a palestra “Qualidade do ar e saúde em tempos de Covid-19”, iniciada às 15h, abordou questões além das citadas no próprio título da apresentação, como, por exemplo, “um conjunto de projetos desenvolvidos no grupo de pesquisa CCSL-IFRN que, desde 2012, vem trabalhando continuamente em soluções de coleta de dados ambientais”, explicou o palestrante.

Segundo o pesquisador, após a pandemia da COVID-19, o grupo de pesquisa resolveu colaborar, utilizando seus conhecimentos para as necessidades que surgiram: “Diante do contexto, resolvemos unificar as pesquisas: projeto Samanaú PCD (Coleta de dados ambientais de baixo custo), projeto AirQ (mecanismo de verificação da qualidade do ar) e projeto de controle de acesso físico e sem contato ao campus CNAT, chamado AccessControl.loT, que foi o trabalho de conclusão do aluno Clemente Júnior, em 2019. A união de vários desses projetos resultou no “AccessControl.IoT.Heatlh – Túnel Sanitário com controle de acesso, monitoramento de temperatura e desinfecção”.

Ainda de acordo com o palestrante, que é graduado em Engenharia da Computação (UnP) e Mestre em Ciência, Tecnologia e Inovação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação  (MPInova -UFRN), “Essa pesquisa implica no desenvolvimento de um EPC (Equipamento de Proteção Coletiva) que visa a prevenção das contaminações em massa. Como é possível a volta às aulas, em meio a uma situação que provavelmente não estará totalmente controlada, o EPC objetiva  evitar surtos de contaminação em massa. O valor total que será aportado no desenvolvimento e instalação dos protótipos é de R$ 138.720,60”. A exemplo das demais, a palestra foi expositiva com espaço destinado à interação e perguntas, após o fim da apresentação.

O evento contou também com a palestra “Conceito de Sustentabilidade Ambiental e os Impactos das Ações Antrópicas nas Doenças Emergentes e Reemergentes”, do palestrante Júlio Navoni. A ação abordou questões como “Qualidade ambiental” e “Fatores influentes para doenças emergentes e reemergentes”. Segundo Júlio Navoni, o objetivo foi “Fornecer uma visão holística da pesquisa para compreender melhor a importância do binômio qualidade ambiental x doenças emergentes e reemergentes”. Ao fim da apresentação, houve tempo destinado às perguntas do público para tirar as dúvidas e fomentar o debate sobre o assunto suscitado a partir da palestra.

Após as palestras, aconteceu a mesa redonda, com o professor Jean Tavares, coordenador do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental e os convidados Renato Muzzolon, presidente da FNEAS, e Gilbrando Medeiros, presidente da APEA-RN. Dentre os assuntos a serem debatidos na mesa, Renato Muzzolon trouxe à tona para o público questões como “oportunidades e desafios na área ambiental para os estudantes, no tocante a perspectivas do mercado de trabalho”. Segundo ele, o objetivo foi incentivar “motivação, ética, profissionalismo e associativismo”. Gilbrando Medeiros tratou de contextos como “desempenho de profissionais no cenário pós-pandemia” e “importância desses profissionais na retomada do crescimento econômico no desenvolvimento sustentável”. A meta, segundo Gilbrando Medeiros, foi “Fazer com o que o público conseguisse expandir horizontes acerca do exercício profissional, relacionando os temas abordados com possíveis questões relacionadas à inovação e empreendedorismo”.

As palestras e a mesa redonda marcaram o último dia da “Semana do Meio Ambiente IFRN 2020”, que aconteceu de forma virtual, através da ferramenta “Google Meet“, com transmissão ao vivo no canal do Youtube dos alunos do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental do Campus Natal-Central do IFRN (ESA-CNAT-IFRN).

FONTE:https://portal.ifrn.edu.br/campus/natalcentral/noticias/encerramento-da-semana-do-meio-ambiente-ifrn-2020-ocorreu-no-sabado

Palestra de pesquisador do CCSL-IFRN no encerramento da “Semana do Meio Ambiente IFRN 2020”
Tags:                     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 4 =