Recentemente a Agência Espacial Brasileira (AEB) divulgou o resultado dos projetos selecionados para a primeira chamada (restam duas ainda) do Programa MICROGRAVIDADE e também os projetos selecionados da primeira chamada (ainda resta mais uma) do Programa UNIESPAÇO.

Os projetos selecionados, pela Comissão de Coordenação do Programa Microgravidade – CCO, são:
1. Sistema para Ensaio Funcional do Estágio Propulsivo Líquido (EPL) – Responsável: Cel. Avandelino Santana Junior (IAE)
2. Solidificação de Ligas Eutéticas em Microgravidade (SLEM) – Responsável: Chen Ying An (INPE)
3. Os Efeitos da Microgravidade Real no Sistema Vegetal de Cana-de-Açúcar Utilizando o Foguete de Sondagem VSB-30 – Responsável: Katia Castanho Scortecci (UFRN)
4. Plataforma de Aquisição para Análise de Dados de Aceleração II (PAANDA II) – Responsável: Marcelo Carvalho Tosin (UEL)
5. Novas Tecnologias de Meios Porosos para Dispositivos com Mudança de Fase – Responsável: Marcia Barbosa Henriques Mantelli (UFSC)
Bom leitor, pelo que eu pude entender esses projetos acima foram selecionados para voarem no primeiro dos três foguetes VSB-30 previstos no 4º AO (Anúncio de Oportunidades) lançado pela AEB em 16/05/2013. Esse documento prevê 3 chamadas que são respectivamente relacionadas com os três foguetes previsto, sendo que o primeiro lançamento está previsto para acontecer em julho de 2014, e os outros em julho de 2015 e maio de 2016 respectivamente.
Aproveito para chamar a atenção do leitor para o primeiro projeto da lista acima, que tem como responsável nada mais, nada menos, que o Chefe da Subdiretoria de Espaço do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), e talvez hoje o maior especialista em propulsão líquida do Brasil.
PROGRAMA UNIESPAÇO – 1ª CHAMADA

1. Projeto de Desenvolvimento de um Ignitor Gás Dinâmico – Responsável: Amilcar Porto Pimenta
2. Motor Foguete Universitário Experimental Utilizando Propelente Verde – Responsável: Annibal Hetem Junior (Esse leitor é o projeto da Edge Of Space/UFABC citado aqui do dia de ontem)
3. Plataforma Reconfigurável para o Desenvolvimento de Radar Coerente – Responsável: Antonio Sergio Bezerra Sombra
4. SAMANAÚ. SAT: Plataforma de Coleta de Dados com Transmissor de Baixo Custo – Responsável: Bruno Augusto Ferreira Vitorino
5. Desenvolvimento de Programa Computacional Para Simulação de Sistemas Propulsivos Utilizando Motores Foguete a Propelente Líquido – Responsável: Cayo Prado Fernandes Francisco
6. Verificação Formal de Computadores de Bordo Para Aplicações Espaciais (VEROBC) – Responsável: Djones Vinicius Lettnin
7. Apoio ao Projeto, Integração e Testes de Computador de Bordo em Desenvolvimento no INPE – Responsável: Eduardo Augusto Bezerra
8. Aerotermodinâmica de Veículos Espaciais na Reentrada Atmosférica para o Intervalo Inteiro de Rarefação Considerando a Composição Química Real do Ar – Responsável: Felix Sharipov
9. Operacionalização do Banco de Ensaios Para Síntese e Testes de Materiais Utilizados em Escudo de Proteção Térmica de Sistemas Espaciais – Responsável: Gilberto Petraconi Filho
10. Desenvolvimento de Um Magnetômetro de Fluxo Contínuo Para Aplicações Aeroespaciais – Responsável: Gilvan Luiz Borba
11. Síntese de Filmes de Carbeto de Silício Visando Aplicações em Dispositivos Micro Eletromecânicos (MEMS) de Interesse Aeroespacial – Responsável: Homero Santiago Maciel
12. Novas Antenas Para Recepção de Dados Ambientais em Nano Satélites Para o Projeto CONASAT – Responsável: João César Moura Mota
13. Projeto de Desenvolvimento de Propulsor a Plasma do Tipo Hall Para Controle de Atitude e Órbita de Satélites – Responsável:  José Leonardo Ferreira (Creio que esse projeto esteja diretamente ligado a MISSÃO ASTER)
14. FLORIPA-SAT – Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento em Engenharia Aeroespacial por Intermédio de Uma Missão Espacial Completa – Responsável: Leandro Buss Becker
15. Ambiente de Calibração e Simulação Híbrida Para Sistemas de Determinação e Controle de Atitude Que Utilizam Magnetômetros – Responsável: Marcelo Carvalho Tosin
16. Produção e Caracterização de Sensores Piezoresistivos – Responsável: Marcos Massi
17. Projeto e Fabricação de Um Sistema Propulsivo Que Atenda os Requisitos do Sistema de Reentrada da Plataforma SARA Utilizando Propelentes Híbridos –Responsável: Olexiy Shynkarenko
18. Desenvolvimento e Caracterização de Catodos Ocos e Propulsores de Plasma Pulsados, no Âmbito da Rede Brasileira de Propulsão Elétrica – Responsável: Paolo Gessini
19. Um Sistema de Controle Por Vetoração de Empuxo e Simulação de Trajetória Para Foguetes a Propelente Híbrido – Responsável: Paulo Celso Greco Junior
20. Controle de Instabilidade de Combustão em Motores Foguete a Propelente Líquido – Responsável: Pedro Teixeira Lacava
21. Desenvolvimento de Micropropulsores Catalíticos a Etanol – Responsável: Rafael de Camargo Catapan
22. Desenvolvimento de Processador de Alta Disponibilidade aos Efeitos de Single Event Upsets (Seus) para Aplicações Espaciais – Responsável: Ricardo de Oliveira Duarte
23. Utilização de Materiais Porosos em Câmaras de Combustão e Sistemas de Refrigeração de Motores-Foguete – Responsável: Roberto Carlos Moro Filho
24. Estudo do Comportamento Aeroelástico de Veículos Espaciais de Sondagem – Responsável: Roberto Gil Annes da Silva
25. Desenvolvimento de Uma Célula Fotoeletroquímica Baseada em Filme Fino de Tioxny Visando Sua Aplicação Para Geração de Gás Hidrogênio –Responsável: Rodrigo Sávio Pessoa
26. Análise Estrutural de Vasos de Pressão de Elevado Desempenho Para Motores Foguete Produzidos Por Filament Winding – Responsável: Sandro Campos Amico
Bom leitor, pelo que pudemos observar nessa lista de selecionados, os projetos acima estão em sua maioria ligados a profissionais bastantes conhecidos da área espacial, e não se discute a relevância de cada um desses projetos.
Entretanto gostaria de lamentar a não inclusão do projeto lunar da USP (veja aqui) encabeçado pelo jovem empresário Lucas Fonseca, diretor da empresa AIRVANTIS, professor da USP e mentor da ideia, que seria conduzido pelo Grupo ZENITH sob a coordenação da aluna da EESC-USPAmanda Hildebrand, tendo como objetivo desenvolver e lançar uma pequena sonda (uma espécie de cubesat) a ser posicionada no ponto “L2 da Terra-Lua”.
Ficamos sabendo recentemente que o jovem Lucas Fonseca, que junto com o seu amigo e sócio Daniel Taparelli, deixaram seus empregos na Europa para voltarem ao Brasil (em nossa opinião de forma ingênua, mais extremamente elogiável – precisamos de mais brasileiros com essa atitude, para que assim quem sabe algum dia possamos mudar esta situação) para criarem a empresa AIRVANTIS, e assim darem sua contribuição ao Programa Espacial Brasileiro, podem infelizmente estar voltando para Europa até o final do ano por estarem decepcionados com o que encontraram por aqui.
É extremamente lamentável caro leitor que coisas como essa continue acontecendo em nosso programa espacial, e pessoas como o Ministro Marco Antônio Raupp e o Sr. José Raimundo Braga Coelho continue omissos com tudo que está acontecendo nos bastidores do nosso conturbando e abandonado programa espacial.

Fonte: https://brazilianspace.blogspot.com/2013/08/aeb-divulga-selecionados-dos-programas.html

AEB Divulga Selecionados dos Programas UNIESPAÇO e do MICROGRAVIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 16 =