AirQ foi desenvolvido por alunos do IFRN e estará na Febrace deste ano.

Projeto do IFRN verifica qualidade do ar — Foto: Davi Severiano

Um projeto do campus central do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) foi selecionado para a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), que é considerada a maior sobre o tema no país. 

Desenvolvido pelo Centro de Competências em Software Livre, o projeto AirQ criou um equipamento que consegue verificar a qualidade do ar detectando os principais poluentes atmosféricos. A plataforma consegue ser implantada em diversos locais, como indústrias e laboratórios. 

Os testes foram realizados no próprio campus central do IFRN. Na oportunidade, o dispositivo apontou a influência positiva do bosque e a interferência negativa da atividade antrópica na qualidade do ar do instituto. 

Diante dos níveis de poluição e dos impactos negativos causados pelas atividades humanas, o projeto visa realizar a verificação da qualidade do ar, por meio da detecção dos principais poluentes atmosféricos, de modo acessível e funcional. O projeto pode ser implementado em diversos locais, a exemplo de indústrias e laboratórios. 

O projeto é idealizado por uma equipe composta pelo professor orientador Moisés Cirilo de Brito Souto, pela co-orientadora Carolyna Cibelly Fernandes, que é graduanda do curso Rede Computadores, e pelos estudantes Klicyelle do Nascimento, Leonardo Pereira Barros e Keyvisson Macena Bulhões da Silveira.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2020/03/25/projeto-potiguar-que-verifica-qualidade-do-ar-e-selecionado-para-feira-brasileira-de-ciencias.ghtml

Projeto potiguar que verifica qualidade do ar é selecionado para Feira Brasileira de Ciências
Tags: